Propriedades cafeeiras

E o Rudá, na construção do Mundo, ordenou que no Caparaó as montanhas fossem mais
elevadas e as águas mais límpidas para alimentar os vales e as encostas infinitas.

Então o criador apontou seu longo dedo para o local onde hoje seria a comuna da Forquilha do
Rio e determinou que o Sol, o Vento, a Chuva e a Terra encontrassem uma sincronia nesta
vertente para que tudo neste lugar plantado se transformasse em dádiva.

E ali ele semeou habitantes gentis e trabalhadores, que descobriram grãos oriundos da
longínqua Etiópia, que lá recebem o nome de kafa e que oferece à humanidade felicidade e
conforto.

Nas escarpas belas e altas os cafeeiros se espalham e formam o patrimônio paisagístico da
região. Agricultores familiares dedicam seus esforços para a produção dos grãos perfeitos.

Realizamos visitas em algumas destas propriedades, que além de oferecerem a oportunidade
de conhecer o processo de produção de cafés especiais o visitante entra em contato com a
acolhida caparaoense.

Beba um Caparaó!

 

Compartilhar esta